Os chineses acreditam que o vermelho tem o poder de atrair a boa sorte e afugentar os maus espíritos. Por essa razão, esta é a cor onipresente nas tradicionais celebrações do Ano Novo Chinês – tão dominante quanto o branco nas nossa viradas de ano.

O Ano Novo Chinês é comemorado entre janeiro e março, já que como os orientais se baseiam no calendário lunar, a cada ano a virada se dá numa data diferente (conforme o calendário ocidental). E cada ano é regido por um dos 12 animais do horóscopo chinês, como o dragão e o tigre, em 2017 será o ano do Galo.

No jantar da virada do ano, a matriarca da família chinesa presenteia os jovens da família com dinheiro guardado em envelopes vermelhos. Em outro ritual, as pessoas escrevem seus desejos para o ano em pedaços de pano vermelho e os amarram em postes, para que o vento os espalhe pelo ar. São 15 dias de festa.

Nesse período, a tradição mais aguardada talvez seja a dança do dragão, onde cerca de 20 pessoas se escondem sob uma imensa fantasia de dragão e executam coreografias acrobáticas e hipnotizantes. Na pele da fera nunca falta o vermelho.

wrthweh